quarta-feira, 25 de março de 2009

POESIA À MESA - FINAL

"Para ti meu amor" de Jacques Prévert


video

Fui ao mercado dos pássaros
E comprei pássaros
Para ti
Meu amor
Fui à loja das flores
E comprei flores
Para ti
Meu amor
Fui ao ferro-velho
E comprei correntes
Pesadas correntes
Para ti
Meu amor
Depois fui ao mercado dos escravos
E procurei-te
Mas não te encontrei
Meu amor

JACQUES PRÉVERT

(Tradução José Fanha)

POESIA À MESA - 24 de MARÇO

Hoje, ainda aconteceu poesia...


HORA DO CONTO - "Amor que nojo!" leitura do conto de Michael Catchpool e actividade final, destinada aos alunos da Escola do Espadanal, com a participação de 50 crianças, na Sala Polivalente, da Biblioteca Municipal.





...e ainda um momento de poesia...


video



ESPECTÁCULO XaTa "Poesia teatral para a infância" - destinado às escolas de Carquejido, Casaldelo, Parrinho, Condes e Espadanal, na Feira do Livro, pelo grupo Tenda de Saias. Estiveram presentes cerca de 280 crianças.





video


MONTRAS COM POESIA
– Concurso que conta com a participação do comércio local, organizado pela Associação Comercial.

CHÁ DAS CINCO – Nas cafetarias e padarias da cidade, tome o seu chá e leia poesia.

O MAIOR POEMA DA CIDADE – A Associação Cultural Teia dos Sentidos desafiou a população sanjoanense a escrever um poema sobre a Primavera. O resultado desse desafio está em exposição na Biblioteca Municipal – Sala Polivalente – reunindo todos os pequenos poemas que deram origem ao maior poema da cidade. Com cerca de 50 participantes, a exposição está patente ao público durante todo o dia.

FEIRA DO LIVRO
- Na Praça Luís Ribeiro, com a presença das Livrarias Tacuíno, Bertrand, Santo António e Sanjoanense.





segunda-feira, 23 de março de 2009

POESIA À MESA - 24 de MARÇO

Amanhã, ultimo dia da Campanha, ainda teremos...


HORA DO CONTO - "Amor que nojo!" leitura e actividade final, destinada aos alunos da Escola do Espadanal, que contará com a presença de cerca de 50 crianças. Decorrerá na Sala Polivalente da Biblioteca Municipal.

ESPECTÁCULO XaTa "Poesia teatral para a infância" - destinado às escolas de Carquejido, Casaldelo, Parrinho, Condes, Espadanal, na Feira do Livro, pelo grupo Tenda de saias.

MONTRAS COM POESIA – Concurso que conta com a participação do comércio local, organizado pela Associação Comercial.

CHÁ DAS CINCO – Nas cafetarias e padarias da cidade, tome o seu chá e leia poesia.

O MAIOR POEMA DA CIDADE – A Associação Cultural Teia dos Sentidos desafiou a população sanjoanense a escrever um poema sobre a Primavera. O resultado desse desafio está em exposição na Biblioteca Municipal – Sala Polivalente – reunindo todos os pequenos poemas que deram origem ao maior poema da cidade. Com cerca de 50 participantes, a exposição está patente ao público durante todo o dia.

FEIRA DO LIVRO - Na Praça Luís Ribeiro, com a presença das Livrarias Tacuíno, Bertrand, Santo António e Sanjoanense.

POESIA À MESA - 23 de MARÇO

Hoje, vamos destacar...


OFICINAS - "Poesia com cor", na Feira do Livro, promovido pelo Serviço Educativo dos Paços da Cultura, com a participação de cerca de 200 crianças das Escolas das Fontaínhas, Ribeiros e Espadanal. Esta oficina disponibilizou vários poemas pré-seleccionados e a actividade proporcionou ao aluno a criação de um desenho sobre o tema, estando também incluída uma visita à Exposição "O maior poema da cidade" na Biblioteca Municipal.



MONTRAS COM POESIA – Concurso que conta com a participação do comércio local, organizado pela Associação Comercial. Aderiram a esta iniciativa várias lojas, entre as quais, a loja Xomina.




CHÁ DAS CINCO – Nas cafetarias e padarias da cidade, tome o seu chá e leia poesia.

O MAIOR POEMA DA CIDADE – A Associação Cultural Teia dos Sentidos desafiou a população sanjoanense a escrever um poema sobre a Primavera. O resultado desse desafio está em exposição na Biblioteca Municipal – Sala Polivalente – reunindo todos os pequenos poemas que deram origem ao maior poema da cidade. Com cerca de 50 participantes, a exposição está patente ao público durante todo o dia.

FEIRA DO LIVRO - Na Praça Luís Ribeiro, com a presença das Livrarias Tacuíno, Bertrand, Santo António e Sanjoanense.


POESIA À MESA - 23 de MARÇO

Hoje, vamos destacar...

OFICINAS - "Poesia com cor", na Feira do Livro, promovido pelo Serviço Educativo dos Paços da Cultura, com a participação de alunos das Escolas das Fontaínhas e Ribeiros.
Vai estender-se ao longo do dia, pelas 9,30, 10,30, 14 e 15 horas.

MONTRAS COM POESIA – Concurso que conta com a participação do comércio local, organizado pela Associação Comercial.

CHÁ DAS CINCO – Nas cafetarias e padarias da cidade, tome o seu chá e leia poesia.

O MAIOR POEMA DA CIDADE – A Associação Cultural Teia dos Sentidos desafiou a população sanjoanense a escrever um poema sobre a Primavera. O resultado desse desafio está em exposição na Biblioteca Municipal – Sala Polivalente – reunindo todos os pequenos poemas que deram origem ao maior poema da cidade. Com cerca de 50 participantes, a exposição está patente ao público durante todo o dia.

FEIRA DO LIVRO - Na Praça Luís Ribeiro, com a presença das Livrarias Tacuíno, Bertrand, Santo António.

POESIA À MESA - 22 de MARÇO

Hoje, aconteceu...

"As Malaventuras de Pedro Malasartes", espectáculo de Marionetes, pela Livraria Tacuíno, na Feira do Livro, pelas 11,00 e 16,00 horas.











Inauguração da exposição "Poesia Experimental Portuguesa", na colecção da Fundação de Serralves





POESIA À MESA - 22 de MARÇO

Hoje, Domingo, na Poesia à Mesa, destacamos:


ESPECTÁCULO DE MARIONETES - “As Malaventuras de Pedro Malasartes” , conto de Pedro Malasartes numa interpretação com marionetes de vara, pela livraria Tacuíno, na Feira do Livro., às 11,30 e 16 horas.

EXPOSIÇÃO "POESIA EXPERIMENTAL PORTUGUESA – Inauguração de uma exposição da colecção da Fundação de Serralves, nos Paços da Cultura, pelas 18 horas.


Esta exposição, recupera e apresenta obras paradigmáticas de uma intervenção experimental realizada entre a década de 60 e a década de 80.

A partir de meados da década de 60, um grupo de artistas e poetas portugueses configuram, a partir da poesia virtual, um momento de ruptura, que redefine os conceitos de texto e de objecto artistico, fazendo coincidir um discurso poético, com um discurso político e com a elaboração conceptual do espaço e dos objectos, como transformadores da percepção e da sociabilidade.

Entre outros autores, serão apresentadas obras de Ana Hatherly, António Aragão, António Barros, Ernesto Melo e Castro, Fernando Aguiar, Salette Tavares e Silvestre Pestana.

sábado, 21 de março de 2009

POESIA À MESA - 21 de MARÇO


Hoje, sábado, aconteceu...

OFICINAS - "O meu lápis faz poesia", na Feira do Livro, desenvolvido pelo Serviço Educativo do Museu da Chapelaria.






DECLAMAÇÃO POÉTICA - Das 15 às 17 horas, na Feira do Livro, os frequentadores dos Workshops de poesia, com José Fanha.





ESPECTÁCULO – Na Feira do Livro, o grupo Tenda de Saias que através da sua “XaTa - Poesia Teatral” revelou a sua originalidade e capacidade de adaptação a público diversificado.






À MESA COM POESIA - No restaurante Casa D'Avó, mais uma vez José Fanha, Rita Salema e João Maria Pinto puderam mostrar os seus dotes para a declamação.






POESIA NA CORDA - Continua na rua, pendurada em corda… É verdade! Cordas na rua, com papel e molas para os transeuntes escreverem e pendurarem os seus poemas no “estendal”. Acontece na Praça Luís Ribeiro, durante todo o dia, numa organização dos Ecos Urbanos.



POESIA AMBULANTE – A poesia que anda de mão em mão e de boca em boca… Durante toda a semana, a poesia percorre cafés e quiosques da cidade, onde há potes de rifas (250 no total), 10 das quais - as que tiverem poemas premiados - darão o direito a levantar um livro de poesia na Biblioteca Municipal entre os dias 24 e 28 de Março. As rifas serão atribuídas nas compras superiores a 20 cêntimos. Esta iniciativa conta com a colaboração dos seguintes quiosques:
Café-Snack Bar “O ALBERTO ” - Rua 1º de Maio (Zona Industrial das Travessas);
Arpine Supermercados – Rua das Pedreiras, 212 (Zona Industrial da Devesa Velha);
Quiosque Tivoli - Rua Comendador Rainho (Zona Industrial do Orreiro);
Tabacaria Santa Maria – Rua Guerra Junqueiro, 77 (perto da Oliva)
Quiosque das Piscinas - Av. Brasil, 6 (perto das Piscinas Municipais)
Quiosque Moisés da Silva Almeida - Rua do Condestável, 28 (perto do Parque da Dª Jane).

MONTRAS COM POESIA – Concurso que conta com a participação do comércio local, organizado pela Associação Comercial.

CHÁ DAS CINCO – Nas cafetarias e padarias da cidade, tome o seu chá e leia poesia.

O MAIOR POEMA DA CIDADE – A Associação Cultural Teia dos Sentidos desafiou a população sanjoanense a escrever um poema sobre a Primavera. O resultado desse desafio está na Biblioteca Municipal – Sala Polivalente – reunindo todos os pequenos poemas que deram origem ao maior poema da cidade. Com cerca de 50 participantes, a exposição está patente ao público durante todo o dia.

RÃO KYAO E RUY DE CARVALHO - Espectáculo nos Paços da Cultura, pelas 21,30 horas.






CEIA TERTULIANA - No restaurante Fábrica dos Sentidos, pelas 23 horas, com a presença de Rão Kyao, Ruy de Carvalho, José Fanha, Nicolau Santos(Director-adjunto do Jornal Expresso e António Costa e Silva, ambos autores de um livro de poesia.



Momento especial com Rão Kyao...

video

Momento especial com Ruy de Carvalho, declamando o "Poema à Mãe" de Eugénio de Andrade

video

POESIA À MESA - 20 de MARÇO

Hoje, voltou a acontecer poesia...

WORKSHOP com José Fanha

"Ler poesia" - Na EB1 do Parque, pelas 9,00 horas



HORA DO CONTO - realizado pela Biblioteca Municipal, destinado aos alunos da Escola das Fontainhas com duas sessões, uma pelas 9,30 e outra pelas 10,30 horas. Decorreu na Feira do Livro, com a presença de cerca de 95 crianças. Foi contada a história "Amor... que nojo!" de Michael Catchpool, que conta a história de um menino chamado Samuel que está farto dessa coisa nojenta do amor. Para onde quer que olhe, vê pessoas aos beijinhos e aos abraços - «Blhac!» Só lhe resta uma solução... Montar a sua bicicleta e partir para longe de tanto amor. Mas, nem mesmo no interior da selva ou nas profundezas do oceano, ele consegue escapar... Trata-se enfim de uma divertida e ternurenta história sobre a universal necessidade de Amor.
No final houve uma actividade em que se trocaram corações autocolantes com palavras escolhidas relacionadas com o amor.





À MESA COM POESIA - José Fanha declamou no restaurante Bonzão, à hora do almoço.





ATELIER DE ESCRITA CRIATIVA - Decorreu na Feira do Livro, realizada pelos Ecos Urbanos.

À MESA COM POESIA - declamação poética no restaurante Trattoria, ao jantar, com a presença de Rita Salema, José Fanha e João Maria Pinto.




PEREGRINAÇÃO POÉTICA - Saiu da Biblioteca Municipal pelas 22 horas, com a participação de José Fanha, Rita Salema e João Maria Pinto, e percorreu alguns bares da cidade, dando asas à declamação poética.