terça-feira, 22 de março de 2011

ESTENDAL POÉTICO METROPOLITANO + CONFERÊNCIA + TERTÚLIA POÉTICA

No jardim existente na frente da Biblioteca decorreu na manhã de hoje uma sessão de poesia promovida pela Área Metropolitana do Porto (AMP), tendo sido colocados num "estendal" diversos poemas seleccionados pelos 16 municípios da AMP.

Esta manifestação poética foi complementada com a sessão "Sintonia poética" que consistiu na leitura simultânea de poesia em todos os Municípios da AMP, na qual participaram alguns alunos das diversas escolas de S. João da Madeira, que declamaram poemas por si seleccionados.

Como convidados especiais marcaram presença os poetas sanjoanenses Tiago Moita e Lizete que declamaram poesia dirigida às faixas etárias presentes.






À tarde, pelas 15h30, decorreu nos Paços da Cultura a conferência "A Poesia e o elogio da inteligência" proferida pelo professor Doutor Dionísio Vila Maior.

Durante toda a sessão o orador tentou, através de uma linguagem muito acessível, sensibilizar todos os presentes para a importância da leitura de poesia.

Começou por explicar que um simples poema se pode converter num lema para a vida inteira - como o poema "Ser" de Ricardo Reis - e que a poesia pode também ser usada como terapia de catarse ou como arma de combate contra um regime político, como foi o caso da poesia de Manuel Alegre. Referiu ainda que a poesia também é usada para exprimir sentimentos de ódio, de emoções, de paixões e de tristeza, tendo apresentado o poema de Eric Clapton "Tears in heaven" como exemplo.

No final foi projectado um extracto do filme "O clube dos poetas mortos" cujo lema é "Carpe Diem" e aproveitou para fazer passar a mensagem de que nos devemos empenhar arduamente em tudo o que fizermos, e viver intensamente, cultivando a poesia.





A Campanha da Poesia à Mesa em S. João da Madeira encerrou com uma Tertúlia Poética que decorreu no final da tarde na Biblioteca, com a participação de alguns poetas sanjoanenses e coordenada pela professora Dra. Cristina Marques.

Ao longo da sessão todos os poetas revelaram a importância que a poesia tem nas suas vidas, na procura da autenticidade, na união entre o particular e o universal, como forma de superar as adversidades da vida, de passar mensagens, ensinamentos e sentimentos.

Durante a sessão declamaram os seus próprios poemas ou dos poetas de referência a nível nacional com que se identificam.


Sem comentários: