quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

"UM DIA DE CHUVA" DE ALBERTO CAEIRO



Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol.
Ambos existem; cada um como é.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
(heterónimo de Fernando Pessoa 1888-1935)

Sem comentários: